Triptyque

As 37 maquetes expostas constroem uma retrospectiva do trabalho da Triptyque Architecture desde os anos 2000, movida por orientações de pesquisa e tecnologias conscientes, inovações, demandas urbanísticas contemporâneas e novas formas de pensar os espaços públicos e privados. A exposição oferece para o presente uma memória.

A ideia surgiu em 2017, na inauguração do novo escritório da Triptyque Architecture, no centro de São Paulo. Este espaço, potente de desdobramentos de novas ideias, imagens e pessoas, próximo à tradicional rua dos arquitetos, é uma experiência que nos possibilita explorar por dentro as linhas do edifício tombado - assinado por Oswaldo Bratke -, enxergar por suas sacadas o Copan e outros grandes projetos de vanguarda da cosmopolita São Paulo.

Vive-se hoje na arquitetura um momento de intensa transformação das estratégias projetuais, propiciado pela facilidade dos novos meios digitais. Essa exposição permite que se adentre em um espaço no qual coexistem estes meios e o palpável, maquetes de trabalhos utópicos e factíveis, já construídos ou em execução, dispostos como um meio de produção artística livre.

Consideramos importante dividir com Curitiba essa experiência acumulada de um escritório premiado e consistente, que permita re exões sobre a arquitetura contemporânea sob o ponto de vista da Triptyque.

CURADORIA
Greg Bousquet, Luis Garcia, Victor Fresi e João Navarrete

TRIPTYQUE ARCHITECTURE tem atuação internacional com sede em São Paulo e Paris. Premiado escritório de arquitetura, foi criado em 2000 pelos sócios Greg Bousquet, Carolina Bueno, Gui Sibaud e Olivier Raffaëlli. A Triptyque realiza projetos que permitem uma experiência sensorial, com impacto positivo para usuários, cidades e territórios.

Seu portfólio mais recente inclui o projeto ECOTONE, um edifício de pesquisa assinado pelo escritório na França, um dos vencedores do Inventons la Métropole du Grand Paris. Há também o projeto executivo da Torre Rosewood, do complexo Cidade Matarazzo, em São Paulo, em parceria com o arquiteto francês Jean Nouvel, e o projeto de um edifício em madeira – o primeiro do país –, também em São Paulo, sob a metáfora de uma oresta urbana habitável.


Serviço

Exposição: Modelos Arquitetônicos (Triptyque)

Visitação: 20 de abril a 01 de maio de 2018

Horários: terça a sexta-feira das 10h às 19h e sábados das 10h às 15h

Onde:  Galeria Soma – Brigadeiro Franco 2137