Eduardo Amato

Castro – Brasil, 1991

Vive e trabalha em Curitiba PR.

Se formou em design de produto (UP) e pós-graduando em poéticas visuais (EMPAB). Eduardo Cardoso Amato fez residência artística na Bauhaus-Universität (Alemanha, 2010), Hochschule Wismar (Alemanha 2013).

O trabalho do artista é criado por proposições que envolvem pintura, escultura e vídeo. Através de abordagens imersivas dentro de contextos religiosos, culturais e antropológicos, o artista é motivado por questões como legado e tradição, e como a arte pode ser um conservatório e transmissor desses agentes.

De acordo com Paula Berman em texto para a mostra ‘Territórios em Trânsito’, “Eduardo Cardoso Amato, artista judeu, ilumina algumas das questões presentes sob o véu de unidade desta tão antiga religião. Questões como a excepcionalidade - ou não - do "Povo escolhido", a prevalência do judaísmo chassídico como ditador de costumes, e também a relação deste com o "outro". Em sua busca por uma forma autêntica de ser judeu no mundo contemporâneo, Eduardo celebra a crítica e o debate, tradições que estão no cerne do modo de pensar judaico.”